Setembro 2013 archive

Pipi the Longstocking

Em modo de nostalgia, resolvi fazer esta boneca como réplica da personagem ficticia de série  televisiva, Pipi the Longstocking, da autora sueca Astrid Lindgren e interpretada pela actriz sueca Inger Nilsson.
Pipi era uma rapariga muito endiabrada, divertida, mas muito justa e bondosa. Tinha uma força extrema que exercia na defesa dos seus animais e amigos.
Tinha por companheiros inseparáveis o seu macaquinho Mr. Nilsson, o seu velho cavalo Lilla Gubben e os amiguinhos Tommy e Annika, e todos fizeram as delicias das crianças e jovens de todo o mundo nos nos sessenta e setenta.
Esta boneca insere-se no estilo Rag Doll.
Está disponivel na loja

  In mode of nostalgia, I decided to make this doll as a replica of the fictional character from the television series, the Pipi Longstocking, the swedish author Astrid Lindgren, and played by a swedish actress Inger Nilsson.
  Pipi was a girl very bratty, fun, but very fair and kind. He had an extreme force that exerted in defense of their pets and friends.
  Had the inseparable companions of adventures her monkey Mr. Nilsson an old horse Lilla Gubben and their friends Tommy and Annika, and made ​​all the delight of children and youth around the world in the sixties and seventies.

 This doll is part of  Rag Doll´s style.
 She is available on store

Em modo de reflexão

 

 (scroll down for english)

 Em modo de reflexão, é  importante percebermos de uma vez por todas que quando votamos devemos olhar para as pessoas e não para partidos ou ideologias. Essa é uma ilusão que nos querem fazer passar para que façamos na secção de voto o mesmo que se faz num estádio de futebol: apoiar equipas, apoiar clubes.
Quem vai governar a câmara e a junta não são partidos, nem siglas mas sim pessoas. Não é uma foice ou um martelo ou um girassol ou  um punho no ar ou uma seta voltada para cima ou lá o que for que governa. É gente real e não símbolos abstractos. E é justamente as pessoas que temos que avaliar.
Olhemos pois para as pessoas, para as suas habilitações, seriedade, honestidade, competência, inteligência, ideias, projectos, etc.Isso é que deve ser ponderado e não ideologias. Ideologias não enchem a barriga de ninguém e para além disso, a ideologia manda pouco numa autarquia seja ela qual for. Para além disso, sabemos bem qual é a ideologia de alguns.
Assim, é nosso dever e direito enquanto cidadãos de um país democrático, decidir em consciência, o melhor destino a dar ao Portugal de todos.

Agostinho da Silva- Grande filosofo, poeta, ensaísta português do séc XX

-Rosa Branco

 In reflection mode, it is important to realize once and for all that when we vote we should look at people and not for parties or ideologies. This is an illusion that we want to pass on to us to do the polling station the same as you do in a football stadium: support teams, supporting clubs.
Who will rule the camera and gasket are not parties, not acronyms but people. There is a scythe or a hammer or a sunflower or a fist in the air, or an arrow facing up or whatever it is that governs. It’s real people and not abstract symbols. And it is the people who we have to evaluate.
We look for to people for their qualifications, integrity, honesty, competence, intelligence, ideas, projects, etc. This is what should be considered and not ideologies. Ideologies do not fill anyone’s stomach and beyond, the ideology has little authority on whatever it is. Furthermore, we know well which one is the ideology of some.

  Thus, it is our right and duty as citizens of a democratic country, in conscience decide the fate of the best of all Portugal.
Agostinho da Silva-Great philosopher, poet, essayist twentieth century Portuguese

Imagem Gráfica

 

Etiquetas linho

(scroll down for english)

Ao longo de algum tempo fui  pesquisando na net  sobre a melhor forma de criar uma imagem gráfica para dar a este blog que tem vindo a ser idealizado e construido devagar, com tempo como gosto de fazer as coisas. Assim, contactei a Rita do   Setra e Tal e combinámos  cores, formas e estilo, e logo nasceu este logótipo, (banner e imagem de cartão de visita )que pretendo que seja  a “cara”, a personalidade  do meu trabalho que com muito gosto irei partilhar aqui convosco.  Então, gostaram do trabalho da Rita?

-Rosa Branco


Over time I have been researching on the net about the best way to create a graphic to give this blog that has been designed and built slowly with time as I like to do things. So, I contacted Rita do “Setra e Tal” and we combined colors, shapes and style, and soon was born this logo (image banner and business card) I want to be the “face”, the personality of my work with I will gladly share with you here. So, did you like Rita´s work?

Bem vindo Outono

 (scroll down for english)

 Que bom, já chegou o Outono. Há magia no ar, as folhas caem num compasso cadente,morno e onde os meus olhos se deliciam nuns deliciosos tons dourados, avermelhados, tons de vida, de vida que renasce e brota duma terra sedenta da chuva que neste instante cai lá fora e que parece saudar-me com grossas gotas de água a baterem na janela que eu abro e deixo entrar o mais maravilhoso dos perfumes, o da terra molhada  Tal como a Páscoa, este é  um tempo de renascimento e esperança, de recomeçar  um ano novinho em folha. Que entre o Outono!

*********************************************************

   So good, has come the autumn.
  There’s magic in the air, the leaves fall in a bar shooting, warm, where my eyes delight in some delicious golden tones, reddish shades of life, life is reborn and the thirsty land springs of a rain that falls outside this instant and seems to greet me with drops of water hitting the window I open and let go in a  most wonderful perfume of the wet earth.
As Easter, this is a time of rebirth and hope, to recommence a brand new year
That between the autumn!

-Rosa Branco